Sorte a minha :)

Desde quando imaginava eu que ia ter o previlégio de ficar em casa com a Isabel após a licença?!
Nunca, na minha vida, ponderei que tal facto viesse a acontecer, até porque quanto mais não seja não sou rica (e infelizmente nem estou perto de o ser) e esses luxos não são para pobertanas ;)!

Neste momento da minha vida em que me instalo num país novo, com formas de estar tão diferentes dos nossos, em que organizo uma vida totalmente nova, enquanto não me dão "autorização" para ser residente e ñinguém me emprega, disfruto do melhor que a vida tem para me dar: o prazer de ver a minha filha a crescer. 
Digo com sinceridade que ADORO os meus dias! Sim, lavo, aspiro, cozinho, troco milhentas fraldas por dia, limpo bolsado, limpo retretes e até mato baratas... mas nada me tira esta alegria! Este meu dia-a-dia de mãe/dona-de-casa/sopeira tem sido bem divertido. 
Mas sim, obviamente, se ficar assim por muito mais tempo vou começar a destestar-me, até porque há mais de um mês que não pinto unhas, tenho que ir ao cabeleireiro e renovar as minhas pinturas... uma mulher, independentemente de tudo, quer-se sempre linda ;)

Bom, mas voltando ao assunto principal, que grande sorte me foi calhar!!! Sinto-me uma priveligiada e quando finalmente for trabalhar, espero que não demore muito porque a carteira reclama que anda vazia, vou com o coração cheio por ter tido a benção de ter estado todos estes meses a acompanhar o crescimento da Isabel!

Comentários

Mensagens populares