Sobre o lalaland

Entramos no "rame rame" do dia a dia e lá deixo eu os filmes para quinquagésimo lugar...  Entre o que quero ler, o cansaço, e o trabalho que às vezes preciso de fazer à noite, pouco ou nenhum tempo me resta.
Durante as mini-férias do ano novo chinês esforcei-me por ver o Lalaland, filme que dada as críticas e as nomeações me tinha aguçado a curiosidade.
Gosto muito de musicais, são filmes (à partida) dinâmicos e que me põem bem disposta. Gosto de ficar com a música no ouvido e ir cantarolando ao longo dos dias seguintes. E, regra geral, é sempre este o efeito que os musicais têm em mim: fico a achar-me a verdadeira estrela da Broadway eheh, só que com este musical isso não aconteceu... Gostei do filme, a história é engraçada (mas nada, mesmo nada, de especial), as músicas boas e a dança também, mas... (e haver um mas já não é lá bom sinal) o filme é tipo "pãosinho sem sal". Confesso que não entendo a histeria  de Hollywood e o exagero das nomeações. Não entendo mesmo!!! Arrisco até dizer que me diverti mais a ver a Moana...


Comentários

Mensagens populares