dos livros

Não há erro maior que ir a uma livraria, comprar livros para nós, com crianças! Geralmente tenho uma lista do que quero comprar, mas também gosto de passear pelas prateleiras e descobrir livros novos. Foi exactamente aqui neste ponto que errei! Com crianças a mexer, a deixar cair coisas, a discutirem (sim, fizeram-me passar uma vergonha daquelas), acabei por comprar um livro à pressa. Dizia ser o thriller do ano e feita parva não fui sequer ver as críticas no goodreads.
Cheguei a casa, comecei a lê-lo e nem quis acreditar que o que tinha comprado era uma "pornochachada" mal escrita, mal traduzida, com uma história horrorosa e uma protagonista indescritível...
Confesso que tive vontade de deitar o livro para o lixo quando percebi que não haveria troca possível, mas forcei-me por o acabar (senão o lesse até ao fim não seria justo dar-lhe a pior classificação possível).
Chama-se "A Maestra", segundo a Editorial Presença foi "o acontecimento editorial do ano" e eu infelizmente contribui para esses números!

Desse dia vim com outros livros para elas, sendo que este de perguntas e respostas foi o que gostei mais! É um bom presente, útil para elas e para nós, para quando as respostas não nos estão debaixo da língua eheh.

Boas leituras! Agora estou a ler a Dulce Maria Cardoso, que mais pesado que seja acaba por ser "leve" pela sua genialidade!





Comentários

Mensagens populares