Pensamento do dia


Andamos a passar uma fase très difficile com a Isabel. Tanto está um amor de criança e temos os dias melhores do mundo ou está virada do avesso e a vida torna-se um inferno. Já não bastava a teimosia própria dela, agora temos os desafios e má criações. Faz braço de ferro conosco e apesar de saber que não vai levar a dela adiante (nunca levou) não descansa se não tenta. Às vezes, num único dia, temos fita para tomar o pequeno-almoço (porque a palhinha não é branca), para vestir (porque a saia não roda), para ficar na escola, para lanchar (porque não estou sentada ao lado dela), tomar banho, jantar, dormir... Ao fim do dia nós, pais, mais parecemos uns zombies cheios de dúvidas e incertezas... Castigos, palmadas, beijos, gritos, brincadeiras, músicas, já tentámos de tudo... Descansam-me os livros (e a minha própria psicologia) que são todos unânimes ao afirmarem que são fases e que há crianças mais difíceis de educar que outras. E descansam-me ainda mais os beijos, os abraços e as promessas: "peço desculpa Mãe, não volta mais a acontecer..." ou "a Isabel hoje vai ser linda, está bem Mãe?"!
Ninguém disse que ser mãe é fácil :)

Comentários

Mensagens populares