o regresso das férias: há sempre um preço a pagar

Os regressos são sempre cheios e confusos... De ano para ano a coisa não melhora. Custa-nos horrores sair de Portugal, apesar de saber bem chegar a casa. Custa-nos horrores deixar para trás a família e os amigos e voltar de coração (cheio mas) muito pequenino. Quando chegamos ainda temos de lidar com o jetlag. Já não bastava ter de lidar com as saudades, ainda temos de gramar com a falta de sono à noite, com o cansaço acumulado e com as horas todas trocadas... A nossa primeira semana em Macau foi um horror... A juntar à festa, levámos com uma semana de chuva e as miúdas tiveram de ficar fechadas em casa (com o tal jetlag) onde inventaram disparates atrás de disparates e acabaram com valentes castigos. Ah, e piolhosas... herança trazida das ricas primas.
Agora está tudo bastante mais calmo, com as nossas rotinas a darem os primeiros passos e com alguma serenidade no ar. Precisamos tanto!!! 


Comentários

Mensagens populares