Temos imigrantes lá por casa

Ter as minhas filhas a falarem mais de uma língua é uma das grandes vantagens de vivermos longe de Portugal. O inglês e o português fazem parte do dia-a-dia delas, na escola, em casa, na rua... É muito comum encontrar miúdos a brincarem só em inglês, mesmo que esses miúdos sejam ambos portugueses ou chineses. No início fazia-me muita confusão, hoje consigo entender. Em nossa casa temos regras e não deixamos que se dirijam a nós em inglês.  Há tendências que têm de ser contrariadas desde pequeninas porque senão irão tornar-se emigrantes à séria com direito a sotaque e tudo eheh
No entanto não nos safamos dos "estrangeirismos" lol A Teresa, por exemplo, não lava os dentes mas sim os "tite" e a Isabel está numa fase tipo esponja e fixa todo o tipo de frases, a novidade é despedir-se dos vizinhos, no elevador, com um "bye guys" (já lhe expliquei que não somos íntimos dos senhores...)! 
Na realidade podiam falar 3 línguas, mas só falam chinês na escola e dessa forma é muito difícil torná-la numa língua mãe. A Isabel percebe muita coisa e a Teresa há-de começar para o ano, se entrar na creche, claro está, assunto esse que daria outro post!



Comentários

Mensagens populares