Depois do delicioso "O amor em tempos de cólera" estou a ler "O meu irmão". Não há refúgio melhor que os livros! Numa altura em que o meu pai está a passar por, mais um, mau momento e em que o tempo não passa tão rápido como eu gostaria, não há nada como o reconforto de um bom livro...

Comentários

Mensagens populares